Bibliografia básica para Arquitetura de Informação

m complemento ao meu rápido artigo sobre Arquitetura da Informação que sai em abril na revista iMasters número 1 (procurem nas bancas de todo país!), publico este post com uma bibliografia básica para aqueles que se interessaram por esta atividade.

Como falarei por lá, muito do que se aprende está na web, em blogs e comunidades que não param de (re)discutir os conceitos relativos a estruturação da informação, hipertexto, encontrabilidade, usabilidade, design de interfaces, flow etc. Portanto, os livros são um ótimo ponto de partida. A estrada quem escolhe percorrer, contudo, é você jovem gafanhoto. Acompanhem comigo no replay:

Livros introdutórios

xperfeita.jpgDesign para a Internet: Projetando a Experiência Perfeita
FELIPE MEMORIA

Baseado na premissa de que a dificuldade de utilização de um produto é primordialmente causada por erros de projeto, o livro aborda primeiramente conceitos básicos e fundamentais sobre assuntos que estão diretamente relacionados à navegabilidade e à usabilidade.

O ponto forte do livro diz respeito a tudo que envolve a navegação na Web, não só com relação a padrões de elementos de interface como também de formatação de conteúdo. Outro ponto forte são os estudos de casos.

O autor apresentará cases da Globo.com, tais como Site Oficial da Rede Globo, GloboEsporte.com, Jornalismo da TV Globo, e cases sobre o Yahoo!, a BBC e a AOL. Além desses, o autor também apresenta um estudo de caso detalhado e inédito sobre um recurso de navegação auxiliar muito utilizado na Web, chamado Breadcrumb Trail. Esse elemento representa o caminho percorrido pelos usuários até determinada página, provendo links que possibilitam voltar a outras anteriormente visitadas.
O livro terá um Companion Web Site desenvolvido pelo autor.

npensar.jpg Não me Faça Pensar
STEVE KRUG

Cinco anos e mais de 100 mil exemplares após ter sido publicado pela primeira vez, é difícil imaginar alguém trabalhando em projeto Web que não tenha lido o “clássico instantâneo” de Steve Krug sobre usabilidade na Web; contudo, as pessoas ainda o estão descobrindo todos os dias. Nesta segunda edição, Steve acrescenta três novos capítulos no mesmo estilo do original: divertido e interessante, mas, ainda assim, cheio de informações e conselhos práticos, tanto para novatos quanto para veteranos. Não fique surpreso se ele mudar completamente a forma pela qual você pensa em projeto para Web.

Alguns livros abrirão sua mente. Não me Faça Pensar! vai mais longe: ele abrirá a mente (e a carteira) do seu chefe para investir em usabilidade na Web. Ele faz isso rápida e gentilmente, além de com humor. Então, compre um exemplar para o seu chefe. Melhor ainda, aproveite o desconto em volume e o encomende para todos que estiverem envolvidos de alguma forma com o website da sua empresa. – Lou Rosenfeld, co-autor de Information Architecture for the World Wide Web

informationarchiteture_ok.jpgInformation Architeture
Louis Rosenfeld e Peter Morville

Este já circulou por várias mesas em todas as produtoras em que trabalhei; “Você já leu o livro do Urso Polar?” Era a senha para separar iniciados e amadores! Como pontuou muito bem o Walmar Andrade do FatorW, em sua resenha:

“Information Architecture for the World Wide Web, ou o livro do Urso Polar, como é mais conhecido entre os profissionais, traz absolutamente tudo que um profissional precisa para se iniciar no ramo da arquitetura de informação.

O livro começa com conceituações teóricas, explica a importância desse novo campo do conhecimento e parte para ensinar os princípios básicos. Mas não pára por aí. Os autores explicam processos e metodologias e mostram como aplicar arquitetura de informação na prática, como vender arquitetura de informação. O livro termina com alguns estudos de caso da Microsoft e do Evolt.org.

A obra de Rosenfeld e Morville possui quase 500 páginas e tem uma leitura por vezes densa, técnica e difícil, mas vale muito a pena para quem tem interesse nessa área. É possível arriscar até a dizer que não existe um arquiteto de informação pleno se ele não tiver lido Information Architecture for the World Wide Web.”

projetando.jpgProjetando Websites
JAKOB NIELSEN
Clássico do gênero. Se existisse um local onde pudéssemos colocar uma placa com um “A usabilidade começa aqui” ou algo do tipo, seria na capa deste livro. Os conceitos básicos, o imperativo da simplicidade e os conceitos sobre o texto na web, estão todos aqui. Vale lembrar que, diferente de muitos, sempre avalio e adapto os dogmas do Nielsen aos projetos. É, confesso, por vezes o acho meio radical. Mas a leitura é imperdível, mesmo assim.

projetando_compatives.jpgProjetando Web Sites Compatíveis
JEFFREY ZELDMAN

Zeldman expõe claramente neste livro como o projeto da Web permaneceu inalterado no último século e mostra a saída. Por meio da implementação de suas técnicas,o leitor aprenderá a projetar páginas não apenas para o Internet Explorer mas para os modernos navegadores de hoje e, também, para a Internet de amanhã. Tudo isso através do uso de padrões que significam construir sites bonitos e sofisticados que funcionarão amanhã tão bem quanto funcionam hoje.

Bons sites Gringos (em ordem alfabética)
Depois de dar uma lida em alguns destes títulos você estará pronto para ir à cata de discussões vivas, de posts bombásticos que contarão que a internet como se conhece hoje (amnhã, depois de amanhã, enfim) vai acabar e que os profissionais de usabilidade serão os novos senhores do mundo, certo? Você vai ver que não é bem assim, principalmente se levar a sério e estudar muito atentamente o que os seguintes sites têm para falar com você:

  • A list Apart
    O slogan “For people who make websites” vem bem a calhar. A revista online, em formato blog, explora design, desenvolvimento e conteúdo online com foco especial em padrões web e melhores práticas. Imperdível.
  • Bokardo
    Um blog sobre “Social design”, ou seja, trata das motivações e comportamentos dos usuários ao redor de projetos de design, sobretudo digital. Excelente leitura.
  • Column Two
    O Blog de James Robertson um dos diretores da consultoria australiana Step Two Designs, vale pela impressionante quantidade de artigos sobe gestão de conhecimento, outro importante tópico a ser estudado pelos futuros Arquitetos de Informação.
  • Funcion form: Interface Design
    Functioning Form é um blog sobre Design de Inferface. Traz posts bem elucidativos sobre a area.
  • Ivogomes.com
    O especialista em ergonomia que dá nome ao site já foi até entrevistado aqui. Seus artigos ganham pontos aqui nesta lista em função das sempre presente análises de sites e projetos, dicas e tutoriais.
  • Jnd.org
    Don Normam assina a autoria de livros interessantes e este site onde, como ele mesmo define, estuda, ensina e escreve sobre a relação entre tecnologia e pessoas.
  • Signal VS Noise
    O design simples e artigos inspirados consquistam a primeira vista o blog da “queridinha” dos insiders, a 37Signals. Signal vs. Noise é um blog sobre empreendedorismo, design e experiência do usuário.

Bons sites Brazucas
Temos os nossos primeiros espaços dedicados ao assunto…alguns com alguma estrada. Vale a visita nos seguintes endereços:

  • Usabilidoido
    Citado no artigo para a revista é referência sobretudo por manter um tom mais acadêmico e cheio de referência. Assine o feed já!
  • Usabilidade & Arquitetura de Informação
    Um dos primeiros blogs sobre o tema anda meio desatualizado, mas tem bons posts.
  • Interfaceando
    O blog do professor Robson Santos, além de resenhas sobre técnicas e soluções de ergonomia e usabilidade é um “hub” excelente sobre eventos da área!
  • Fmemoria.com
    Autor do livro que abre este post tem um blog no qual fala sobre seus mais recentes projetos a frente da equipe de A.I. da Globo.com.

Bom, por enquanto é isso.
Mas semana que vem o mundo já mudou. Portanto, idéias para que esta lista cresça são sempre muito-bem vindas. Minha idéia com este post é completá-lo até a data do lançamento da revista e, assim, prestar um serviço melhor aos novos leitores que chegaráo. E que ajuda melhor do que a de vocês, que fizeram e fazem este espaço melhor a cada dia?

 

Fonte: http://carreirasolo.org/livros/bibliografia-basica-para-arquitetura-de-informacao (Mauro Amaral)

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s